Quando é que se recomenda dar banho a um recém-nascido?

Como dar banho no bebê: pediatra explica passo a passo

Quando é que se recomenda dar banho a um recém-nascido?

O banho do bebê pode ser um momento agradável mas, muitos pais se sentem inseguros para realizar essa prática, o que é normal, principalmente nos primeiros dias por medo de machucar ou não dar o banho da forma correta.

Alguns cuidados são muito importantes para o banho, dentre eles, fazê-lo em um local com temperatura adequada, utilizar uma banheira de acordo com o tamanho do bebê, usar produtos próprios para bebês, não dar banho logo após alimentá-lo, entre outros.

Ainda, cabe aos pais a decisão de quantas vezes dar o banho no bebê, mas não é necessário que seja todos os dias, sendo que dia sim e dia não já é suficiente porque o excesso de água e os produtos utilizados podem criar problemas na pele como irritações e alergias.

Antes de começar a dar banho é importante escolher um local com temperatura aquecida entre 22ºC e 25ºC, reunir os produtos que serão utilizados, já deixar a toalha, fralda e as roupas preparadas assim como a água na banheira, que deve ficar entre os 36ºC e 37ºC. Como o bebê perde muito calor nesse momento, o banho não deve demorar mais de 10 minutos.

Confira os passos que devem ser seguidos para dar banho no bebê:

1. Limpar o rosto do bebê

Com o bebê ainda vestido, para evitar a perda de calor do corpo, deve-se limpar o rosto, bem como ao redor das orelhas e dobras do pescoço, o que pode ser feito com uma bola de algodão ou paninho molhado com água morna.

Para limpar os ouvidos nunca se deve usar cotonetes, pois existe o risco de perfurar o ouvido do bebê.

Ainda, uma gaze umedecida com soro fisiológico pode ser utilizada para limpar as narinas do bebê, ação muito importante para não prejudicar a respiração.

Por fim, os olhos devem ser limpos também com um pano umedecido e os movimentos devem ser sempre no sentido nariz-orelha para evitar o acumulo de sujeira e remelas. Confira as principais causas de remela nos olhos do bebê e como limpar.

2. Lavar a cabeça

A cabeça do bebê também pode ser lavada com ele ainda vestido, sendo adequado segurar o corpo com o antebraço e a axila do bebê com a mão. Deve-se lavar a cabeça da criança primeiro com água limpa e depois podem ser utilizados produtos como sabonete ou shampoo próprio para o bebê e ir massageando os cabelos com a ponta dos dedos.

Nessa etapa do banho é necessário muito cuidado pois a cabeça do bebê possui regiões moles, que são as fontanelas, que devem fechar até os 18 meses e por isso não se deve apertar nem fazer pressão sobre a cabeça para não machucar. Entretanto, deve se lavá-la bem com movimentos de frente para trás, com cuidado para evitar que a espuma e a água entrem nos ouvidos e olhos e em seguida secar bem com uma toalha.

3. Limpar a região íntima

Após lavar o rosto e a cabeça do bebê, pode-se despi-l e ao retirar a fralda, limpar a região íntima com um pano molhado antes de colocá-lo na banheira para não sujar a água.

4. Lavar o corpo do bebê

Ao colocar o bebê na água, não se deve colocar todo o corpo do bebê de uma vez na água, mas sim ir colocando por partes, começando pelos pés e apoiando a cabeça no antebraço e com essa mão segurando a axila do bebê.

Com o bebê já na água, deve-se ir ensaboando e enxaguando bem o corpo do bebê, limpando bem as dobras nas coxas, pescoço e pulsos e não esquecer de limpar as mãos e os pés, já que os bebês adoram colocar essas partes na boca.

A região íntima deve ser deixada para o final do banho, sendo que nas meninas é importante ter o cuidado de limpar sempre de frente para trás para não contaminar a vagina com fezes. Já nos meninos, é necessário manter sempre a área à volta dos testículos e por baixo do pênis limpas.

5. ​Secar o corpo do bebê

Após terminar de enxaguar o bebê, deve-se retirá-lo da banheira e colocá-lo deitado sobre a toalha seca, envolvendo o bebê para que ele não fique molhado fora da água. Depois, usar a toalha para secar todas as partes do corpo do bebê, não esquecendo das mãos, pés e das dobrinhas, pois se acumular umidade podem aparecer feridas nessas regiões.

6. Secar a região íntima

Após secar todo o corpo, deve-se secar a região íntima e verificar se apresenta assaduras, complicação comum nos bebês, veja como identificar e como tratar assaduras em bebês.

Com o bebê limpo e seco, deve-se pôr a fralda limpa para que ele não suje a toalha.

7. Passar hidratante e vestir o bebê

Como a pele do bebê é mais seca, principalmente nas primeiras semanas de vida, é essencial a hidratação que pode ser feita com pomadas, óleos, cremes e loções próprios para o bebê, sendo que o momento ideal para sua aplicação é após o banho.

Para passar o hidratante, deve-se começar pelo peito e braços do bebê e vestir a roupa da região de cima, em seguida, passar hidratante nas perninhas e vestir a parte inferior da roupa do bebê.

É importante ficar atento aos aspectos da pele do bebê e se apresenta alterações na cor ou na textura, pois pode significar problemas de alergia.

Conheça um pouco sobre alergia na pele do bebê e o que fazer nesses casos.

Por fim, pode-se pentear os cabelos, verificar a necessidade de cortar as unhas e calçar as meias e sapatos, no caso de o bebê já conseguir andar.

Como preparar o banho do bebê

O local e o material devem ser preparados antes do banho para evitar a perda de calor do bebê e além disso, também ajuda a evitar que a criança fique sozinha na água durante o banho. Para preparar o banho se deve:

  1. Manter a temperatura entre 22 ºC a 25 ºC e sem correntes de ar;

  2. Reunir os produtos para o banho, sendo que esses não são necessários mas, caso se opte por utilizá-los, devem ser próprios para bebês com pH neutro, ser suaves e sem perfume e devem ser utilizados somente nas partes mais sujas do bebê. Antes dos 6 meses, o mesmo produto utilizado para lavar o corpo pode ser usado para lavar os cabelos, não sendo preciso shampoo;

  3. Preparar a toalha, fralda e a roupa pela ordem que vai vestir para que o bebê não passe frio;

  4. Colocar no máximo 10 cm de água na banheira ou balde, colocando primeiro a água fria e depois a água quente até atingir uma temperatura entre os 36º e 37 ºC. Na falta de um termômetro, pode-se usar o cotovelo para conferir se a água está agradável.

Deve-se utilizar uma banheira de plástico ou balde Shantala com capacidade para o tamanho do bebê, além de ficar em um local confortável para os pais. Outro ponto a observar são os produtos que serão usados no banho os quais devem ser próprios para o bebê, já que o bebê é mais sensível, especialmente nas primeiras semanas de vida, e certos produtos podem causar irritação aos olhos e a pele.

Como dar banho de esponja no bebê

Nas primeiras semanas de vida, antes de cair o cordão umbilical do bebê, ou até quando se quiser lavar uma parte do bebê sem molhá-lo, o banho de esponja pode ser uma ótima alternativa.

Essa prática também deve ser realizada em um local aquecido e antes de começar o banho deve-se reunir todo o material, preparar as roupas, toalhas, fralda, sabonete para bebê e um recipiente com água morna, inicialmente sem sabão. Sobre uma superfície plana, ainda com roupa ou enrolado em uma toalha, o ideal é limpar o rosto, ao redor das orelhas, queixo, dobras do pescoço e os olhos do bebê com uma toalha molhada só com água para não irritar a pele.

Ao despir o bebê, é importante deixá-lo aquecido e para isso pode-se colocar uma toalha sobre ele enquanto for limpando o corpo.

Começar pela parte de cima e ir descendo, não esquecendo das mãos e dos pés e limpar com muito cuidado ao redor do coto umbilical para deixá-lo seco.

Após isso, pode-se colocar um pouco de sabão na água para molhar a toalha e limpar a área dos genitais. Por fim, secar o bebê, colocar a fralda limpa e vestir sua roupinha. Veja como cuidar do coto umbilical do bebê.

Como manter a segurança no banho

Para garantir a segurança no banho, o bebê deve ser supervisionado o tempo todo na água e nunca deve ficar sozinha na banheira, já que pode se afogar em menos de 30 segundos e com pouca água. No casos dos bebês mais crescidos, é orientado não encher a banheira acima do nível da cintura da criança sentada.

Além disso, existem muitos pais que gostam de tomar banho com os filhos ou que querem tentar essa experiência.

No entanto, é preciso ter muito cuidados pois essa prática pode não ser tão segura já que existem riscos como o de cair com o bebê no colo e os produtos que o adulto usa no banho podem irritar a pele ou os olhos do bebê.

Entretanto, se os pais quiserem realizar essa prática algumas medidas de segurança devem ser implementadas como colocar um tapete aderente no banheiro e utilizar uma tipóia para que o bebê fique preso no adulto, além de optar por usar os produtos próprios do bebê.

Источник: https://www.tuasaude.com/banho-do-bebe-recem-nascido/

O banho do bebé

Quando é que se recomenda dar banho a um recém-nascido?

Muitos recém-nascidos tomam o seu primeiro banho após o nascimento. A enfermeira ou o pai dão-lhes banho de forma tradicional.

Algumas enfermeiras aconselham a não dar banho ao bebé após o nascimento, uma vez que a camada de gordura que o cobre possui propriedades que protegem a pele dos recém-nascidos. No entanto, não está presente na pele de todos os bebés na altura do nascimento.

Por outro lado, se se dá banho ao bebé após o parto, está-se a «roubar» alguns minutos essenciais ao vínculo mãe-filho nos primeiros momentos que passam juntos.

O primeiro banho em casa deveria ocorrer quando o umbigo já tivesse caído e estivesse totalmente curado. Assim minimiza-se o risco de gérmenes entrarem na ferida do umbigo e causarem infeções.

Muitos pais temem a hora do banho durante as primeiras semanas após o nascimento. Dúvidas sobre como conseguir a temperatura certa ou como segurar o bebé para usufruir do banho sem o deixar cair vão desaparecendo com a rotina.

Para dar o primeiro banho, recomenda-se solicitar a ajuda de uma enfermeira, que pode dar conselhos sobre como dar banho a bebés e crianças pequenas.

Também é muito mais descontraído se ambos os pais estiverem presentes no banho, ajudando-se um ao outro.

Com que frequência se deve dar banho aos bebés?

Como um ritual de relaxamento diário ou como um banho semanal, são os pais quem decidem com que frequência dar banho ao seu bebé. Os pediatras geralmente recomendam dar um a dois banhos semanais durante as primeiras semanas de vida.

Se morar numa zona onde a água é muito dura, a pele do seu bebé pode ressecar se lhe der banho com muita frequência. Para o manter limpinho, geralmente é suficiente lavar-lhe regularmente a cara, as mãos e o rabinho com uma luva molhada e quente.

Normalmente não é necessário adicionar produtos ao banho.

Como regra, recomendamos que dê banho ao bebé apenas quando estiver sujo. Durante os primeiros meses, o bebé só se suja quando bolsou demasiado leite ou a fralda deixou passar. Assim que começar a gatinhar, já precisará de lhe dar banho com mais frequência.

Onde dar banho ao bebé?

Numa banheira ou numa bacia? Esta é uma pergunta que muitos pais se fazem na altura de preparar as coisas antes do parto. Muitas vezes, as enfermeiras e os pediatras não estão de acordo.

Como em muitas outras coisas do bebé, é melhor procurar a melhor opção para o seu. Também pode usar o lavatório (se tiver as dimensões adequadas) para dar banho ao bebé.

Recomendamos que dê banho ao seu bebé onde lhe for mais confortável e agradável.

Independentemente de onde lhe der banho, o aspeto da segurança continua a ser fundamental. Nunca deixe um bebé ou uma criança pequena na água sem vigilância, porque os acidentes acontecem em questão de segundos.

Se der banho ao bebé no lavatório, certifique-se de que a torneira não se possa abrir acidentalmente, porque se a água estiver muito quente, pode queimar o bebé. Portanto, é melhor mudar brevemente para água fria quando terminar de encher o lugar onde o bebé vai tomar banho.

O banho do bebé, passo a passo

Geralmente, é necessário seguir os seguintes passos para dar banho a um bebé:

  1. Prepare tudo o necessário para o banho para que esteja à mão: água a 37 graus, luvas e toalhas macias, fraldas. Se o seu bebé já tiver cabelo, também precisará de uma escova. Verifique sempre a temperatura da água com um termómetro. Como os bebés pequenos não percebem logo a dor, eles reagem muito mais tarde do que as crianças mais velhas à água quente, pelo que podem mais facilmente sofrer queimaduras dolorosas e perigosas.
  2. Se utilizar uma banheira para bebés, encha com 3/4 partes de água, embora o tamanho do bebé também seja decisivo.
  3. Aqueça previamente a zona de muda. Para os bebés as mudanças de temperatura são muito desagradáveis. Assim, se a zona de muda for aquecida antecipadamente, minimizam-se as mudanças repentinas de temperatura e o risco de resfriados. Uma toalha com capuz também ajuda a evitar que o bebé arrefeça.
  4. Dispa o bebé. Veja se o bebé está suficientemente confortável para entrar na aventura da banheira. Bebés que já tiveram experiências positivas em água quente podem tomar banho quando não estão de bom humor. Muitas vezes o banho serve, como no caso dos adultos, para acalmar e relaxar. Bebés que têm gases ou dores de barriga também acalmam com um banho quente.
  5. Deslize o bebé lentamente na água para que não se assuste. Vá-lhe contando o que está a fazer ou cante-lhe uma canção, isso serve para tranquilizar os bebés que têm mais medo. Mantenha-o sempre firme na palma da mão. Deixe uma enfermeira explicar-lhe exatamente como segurar o bebé.
  6. Limpe o bebé suavemente com a ajuda de uma luva. Não se esqueça de limpar também as dobras da pele e os pontos de difícil acesso entre os dedos, atrás das orelhas ou nas rugas do pescoço. Deixe o cabelo para o final para não arrefecer pela cabeça.
  7. A decisão de se prefere usar champô, loção ou sabonete é sua. Se quiser dar banho ao bebé com um pouco de óleo, por exemplo, para remover a crosta láctea da cabeça, lembre-se de que, ao tirar o bebé do banho, a sua pele ficará especialmente escorregadia. Também se diz que um pouco de leite materno na água é eficaz contra a pele seca.
  8. Depois do banho, seque o bebé da melhor forma possível antes de o vestir. Para evitar irritações ou infeções de pele nas dobras, é muito importante secar bem todas essas partes sem esfregar. Muitas enfermeiras também recomendam secar o bebé cuidadosamente com o secador de cabelo. Nesse caso, é especialmente importante cobrir o pequeno pênis do bebé com uma toalha ou uma luva para que não aconteça nenhum choque elétrico.

O banho do bebé deve durar entre 5 e 10 minutos para não arrefecer demasiado. É melhor ter sempre um relógio à vista.

Sabonete e champô

No caso de recém-nascidos, pode prescindir do sabonete e do champô e limpá-los bem com água. Para cuidar desta pele tão delicada, é adequado usar um óleo para o banho.

Quando o bebé for mais crescido, pode escolher entre dois produtos separados ou um prático gel para todo o corpo, o que é uma excelente opção enquanto o bebé não tem muito cabelo.

A pele do bebé é cinco vezes mais fina que a dos adultos, por isso é preciso que use um produto suave, que não seja perfumado, que não irrite os olhos e que seja indicado para a pele sensível do bebé.

Os bebés mais velhos e as crianças pequenas adoram os produtos especialmente desenvolvidos para eles: que cheiram bem (a melancia ou pastilha elástica), que fazem muita espuma, que dão cor à água com corantes inofensivos e cuja embalagem é decorada com uma princesa ou um pirata.

Banho de espuma

Provavelmente não há nenhum bebé que não adore estar sentado a chapinhar numa banheira cheia de espuma. Vamos lá, então! Use para isso um produto sem perfume adequado para pele sensível e certifique-se de que o bebé não bebe a água do banho.

Evite óleos essenciais em bebés, porque podem causar convulsões perigosas, especialmente nessa idade. O mais divertido para a banheira são as bolas de sabão: coloridas, totalmente inofensivas e uma excelente maneira de praticar a capacidade de agarrar.

Luvas e toalhas

Naturalmente, uma luva comum e uma toalha normal são suficientes. Mas luvas e toalhas concebidas especialmente para crianças são muito mais divertidas. E os pais também adoram! Há toalhas com orelhas de animais engraçados no carapuço ou com fadas, carros de bombeiros ou animais bordados.

As luvas são colocadas na mão e, assim, transformam-se em divertidos fantoches de peluche. E com certeza que seu bebé não vai dizer que não a um gatinho fofo que lhe quer limpar a barriguinha.

Termómetro para a banheira

No início, não é tão fácil conseguir a temperatura ideal da água, que não deve ser nem muito quente nem muito fria. Por isso, enquanto o bebé é pequeno, é melhor usar um termómetro para a banheira. A temperatura ideal para o bebé é de 35 graus.

Brinquedos

E agora vamos lá divertir-nos na banheira! O tradicional pato de borracha ainda é um amigo fiel na banheira, mas o mercado está cheio de alternativas como recipientes com furos, barquinhos e animais que deitam água. Compre brinquedos que satisfaçam a curiosidade do seu bebé e certifique-se sempre de que não possam perder peças pequenas que seu bebé possa engolir.

Os bebés adoram:

  • Copos e outros recipientes que se podem encher com água e depois esvaziar ou recipientes que têm furos na base com a qual se pode fazer chover na banheira
  • Barquinhos e animais marinhos que podem flutuar e não afundam
  • Luvas com figuras divertidas
  • Formas, letras e números que podem ser fixados na banheira ou nos azulejos
  • Bonecos resistentes à água para abraçar durante o banho
  • Tintas especiais para o banho que saem facilmente da pele ou da banheira
  • Pequenos animais que deitam água (Atenção! Esses pequenos animais divertidos criam facilmente bolor no interior. Depois do banho, esvazie-os bem e troque-os de vez em quando)
  • Chávenas e pratos de plástico para beber café na água (somente quando o seu filho tiver idade suficiente para saber que não deve beber a água)

Como guardar os brinquedos na banheira

Nalgum momento a diversão na banheira tem de acabar. Mas onde colocar os brinquedos? Para isso existem alguns sacos de rede equipados com ventosas para os aderir aos azulejos ou que podem ser pendurados e onde os brinquedos podem secar facilmente. Também pode usar uma caixa de plástico sem tampa.

Источник: https://www.bebitus.pt/guia/bebe/cuidado-e-saude/o-banho-do-bebe.html

Como Dar Banho ao Bebé

Quando é que se recomenda dar banho a um recém-nascido?

Aproximadamente 8 mil milhões de banhos são dados anualmente em todo o mundo usando os produtos JOHNSON’S®. A hora do banho é uma das nossas rotinas favoritas, já que não só relaxa o bebé, como também proporciona a ambos um momento para criar laços e brincar depois de um dia agitado, ao mesmo tempo que estimula os sentidos do olfato e do tato do seu pequenote.

Estudos demonstraram que o toque frequente pode levar a um melhor desenvolvimento a nível fisiológico, cognitivo emocional e social, e os aromas agradáveis e familiares melhoram o humor, a tranquilidade e o estado de alerta do bebé.

Tal como a massagem do bebé, um banho morno pode ser uma excelente forma de ajudar a preparar o bebé para dormir.

Utilizar apenas água não é suficiente para o banho do bebé

Limpar só com água remove apenas cerca de 65% da oleosidade e da sujidade. Não remove impurezas solúveis em gordura, deixadas nas zonas cobertas por fraldas e roupas, que se permanecerem na pele podem destruir a delicada barreira cutânea*.

Além disso, utilizar apenas água pode até desidratar a pele do bebé.

Está comprovado que o uso continuado de água apenas, especialmente quando esta é dura ou clorada, causa perda de água das células epiteliais, deixando a pele do bebé irritada ou vermelha.

É recomendada a utilização de um gel de banho suave e específico para bebés, como o JOHNSON’S® cuidado completo banho corpo e cabelo para ajudar a limpar com eficácia.

Dar banho ao seu recém-nascido

A maioria das parteiras e dos profissionais de saúde recomenda dar banho ao recém-nascido 2 ou 3 vezes por semana, aumentando a frequência à medida que o bebé cresce. Comece por banhos de esponja até que o cordão umbilical do bebé seque e caia, e a ferida cicatrize.

Aprenda a dar um banho de esponja ao bebé

Como dar banho ao bebé

A pia da cozinha pode ser um ótimo sítio para dar banho ao bebé (com a torneira afastada para o lado e colocando no fundo da pia toalhas macias ou uma proteção de esponja), mas também pode usar uma pequena banheira de plástico, específica para o banho do bebé, colocada na banheira normal para segurar mais facilmente no seu bebé

NOTA: Certifique-se de que o dispositivo de aquecimento de água da sua casa não aquece a temperaturas superiores a 49 graus celsius para evitar queimaduras acidentais.

  1. 1.

    Comece com apenas alguns centímetros de água morna. A água do banho deve estar entre os 37 graus celsius. Depois de encher a pia ou a banheira, agite um pouco a água com as mãos em movimentos circulares para se certificar de que não há zonas demasiado quentes.

  2. 2.

    Antes de colocar o bebé na água do banho, teste a temperatura da água na parte interior do seu pulso para se certificar de que não está muito quente.

  3. 3.

    Utilizando um braço para apoiar suavemente as costas, cabeça e pescoço do bebé, coloque-o com cuidado na banheira. Continue a apoiá-lo usando um braço enquanto lava com o outro.

  4. 4.

    Limpe suavemente à volta dos olhos do bebé com uma compressa de algodão humedecida em água limpa e morna.

    Use uma compressa de algodão nova para cada olho e limpe sempre do canto interior do olho para o canto exterior.

    Em seguida, com um pano macio, limpe ao redor da boca, do nariz e do rosto todo do bebé, do centro para fora. Limpe as pregas do pescoço e não se esqueça de limpar atrás das orelhas!

  5. 5.

    No caso de bebés mais pequenos, humedeça um pano macio com água morna e use um gel de banho suave específico para bebés, como o JOHNSON'S® cuidado completo banho corpo e cabelo.

    Se o bebé tiver mais cabelo, poderá experimentar um champô suave, como o JOHNSON'S® baby champô suave.

    Não tenha medo de lavar cuidadosamente as zonas moles (chamadas de fontanelas ou moleiras) da cabeça do bebé.

  6. 6.

    Lave em último lugar a zona da fralda. Se for uma menina, limpe a zona genital lavando da frente para trás. Se for um menino, lave cuidadosamente o pénis e a zona genital, também da frente para trás, e seque muito bem. Em meninos que não tenham sido circuncidados, evite puxar o prepúcio para trás.

  7. 7.

    Deixe o bebé aproveitar alguns momentos no banho para desfrutar da água morna. Com a ajuda de um pequeno recipiente, verta água sobre o corpo do bebé de forma a mantê-lo quente. Tenha cuidado com a água que sai diretamente da torneira porque a temperatura da água pode alterar-se repentinamente.

  8. 8.

    Coloque as duas mãos à volta do peito do bebé, por baixo dos braços, apoie a cabeça dele e levante-o da banheira, envolvendo-o rapidamente numa toalha.

  9. 9.

    Seque bem todas as pregas do bebé, já que a humidade em excesso pode provocar irritação da pele. Seque com toques delicados com a toalha para evitar agredir a pele.

  10. 10.

    Antes de vestir o bebé, aplique um hidratante suave para bebés, tal como a hipoalergénica JOHNSON'S® baby loção clinicamente comprovada como sendo suave e delicada.

Dicas para o banho do bebé

  • Limpe apenas o que consegue ver; não coloque nada em profundidade dentro do canal auditivo ou do nariz do bebé.
  • Cada bebé é diferente, mas alguns não gostam de tomar banho logo após a alimentação. Muitas mães consideram que é melhor dar banho ao bebé antes das refeições.
  • E lembre-se, NUNCA deixe um bebé sozinho no banho. Nem mesmo durante um segundo.

O banho é uma forma perfeita de separar a «hora de brincar» da «hora de dormir», ao mesmo tempo que lhe dá oportunidade de criar laços com o bebé.

Até mesmo os dias mais difíceis podem tornar-se um pouco mais agradáveis quando, ao final da noite, embrulha o seu bebé limpo, confortável e aconchegado no seu cobertor – o momento ideal para uma canção de embalar.

Encaramos como nossa responsabilidade saber tanto quanto possível sobre os olhos preciosos do seu bebé

Lançado em 1953, o JOHNSON'S® baby champô suave foi o primeiro produto especialmente formulado para ser tão suave para os olhos de um bebé como a água pura. O nosso exclusivo JOHNSON'S® baby champô e outros produtos com fórmulas NÃO CAUSA LÁGRIMAS® foram desenvolvidos exclusivamente para as necessidades específicas dos bebés.

A ciência que apoia a fórmula NÃO CAUSA LÁGRIMAS®

Источник: https://www.johnsonsbaby.pt/banho/como-dar-banho-ao-bebe

8 dicas de como dar banho em recém-nascido

Quando é que se recomenda dar banho a um recém-nascido?

Por conta das condições climáticas e aspectos culturais, os brasileiros costumam dar um banho por dia em seus filhos, mesmo aqueles que acabaram de nascer. Entretanto, de acordo com as sociedades americana e europeia de pediatria, se um recém-nascido tomar de três a quatro banhos por semana, já é o suficiente.

2. Como limpar a orelha e o cordão umbilical de um recém-nascido?

Na hora do banho, é muito importante proteger a orelhinha do bebê para que a água não entre em contato direto com o ouvido e ocasione otite – infecção no ouvido. Prefira limpar a  região após o banho com um pedacinho de fralda umedecida.

Já o coto umbilical deve ser limpo regularmente para evitar o surgimento de infecções.

Para higienização, use hastes flexíveis umedecidas com álcool 70 e esqueça aquela tradição de colocar objetos que facilitariam a cicatrização, como moeda.

Além de não existir nenhuma comprovação científica a respeito, eles podem aumentar as chances de proliferação de microrganismos. O coto costuma cair sozinho após 10 a 15 dias do nascimento.

3. Qual deve ser a temperatura ideal da água e o sabonete ideal para dar banho no bebê?

A temperatura da água deve ser próxima da temperatura corporal, ou ligeiramente mais baixa, ou seja, entre 36ºC a 37,5ºC. É importante ressaltar também que os banhos no recém-nascido devem ser rápidos: não mais de 5 minutos. As áreas de maior atenção são sempre o rosto, o  pescoço o bumbum e a região genital.

Nessa fase, o bebê pode ser higienizado apenas com água. Os pais que optarem por sabonetes podem usar os syndets, também conhecidos pelo nome de detergentes sintéticos ou “sabões sem sabão”.

Eles provocam menos irritação na pele do bebê e não fazem tanta espuma. É sempre melhor escolher um sem fragrância.

Sabonetes tradicionais em barra e glicerinados não devem ser utilizados pois podem provocar ressecamento e destruir a camada superficial lipídica, responsável pela proteção da pele do bebê.

Pesquisas também apontam que, embora os agentes de limpeza estejam disponíveis nas versões em barra e em líquido, é mais recomendada a sua utilização na versão líquida, porque eles agem com maior eficácia na limpeza dos resíduos fecais e urinários.

4. Como dar banho no bebê usando a banheira?

Assegure-se sempre da temperatura adequada da água e verifique se a banheira está bem encaixada no suporte. Certifique-se também que todas as portas e janelas estão fechadas para evitar correntes de ar e variações de temperatura.

Como os recém-nascidos ainda são muito molinhos, alguns especialistas recomendam o uso de uma toalha macia que envolva o bebê durante o banho.

Além de evitar que os pequenos escorreguem e se machuquem com a superfície plástica da banheira, a toalha ajuda a manter a sua temperatura corpórea.

5. É preciso «esfregar» a pele do bebê com paninho ou esponja?

Como a pele do recém-nascido é extremamente sensível e também possui uma camada de gordura, responsável por proteger de bactérias e outros agentes infecciosos, não é indicado esfregar o corpinho. Basta espalhar o sabonete com as mãos que o bebê ficará limpinho.

6. Bebê pode usar xampú?

O uso não é recomendado enquanto os fios forem curtos, finos e frágeis. Mas, caso os pais optem por utilizar, é importante que sigam as características dos produtos indicados por especialistas: pH próximo ao da lágrima para evitar irritações dos olhinhos, suaves e levemente detergentes, sem aromas fortes.

Outra dica importante nesse caso é que os pais façam um teste de alergia numa superfície pequena da pele da criança antes de usar, de fato, o xampu, para evitar o desenvolvimento de quadros alérgicos, seguindo sempre a recomendação do pediatra responsável.

7. Quais substâncias podem ser prejudiciais para a pele do bebê?

Especialistas e estudos científicos comprovaram que as substâncias a seguir podem causar irritações na pele do bebê e, dependendo do caso e da quantidade utilizada, podem desencadear quadros alérgicos graves:

  • Sódio lauril sulfato (SLS): é um potente irritante da pele que pode danificar a barreira lipídica e causar inflamação e descolamento das camadas da pele. Quando associado a outros produtos, como triclosan, tende a ficar aderido à pele por horas ou dias;
  • Sódio laureth sulfato (SLES) e amônio laureth sulfato: são agentes que formam a espuma de produtos como pastas de dente, gel de banho, espuma para banheiras. São irritantes, podem danificar proteínas e provocar úlceras orais;
  • Metilisotiazolina: encontrado em xampus e condicionadores, tem sido associado a defeitos neurológicos;
  • Parabenos (metilparabeno, propilparabeno, etilparabeno e butilparabeno): encontrados em loções e xampus para bebês e também em lencinhos de limpeza. Podem causar dermatite de contato e erupções cutâneas.

8. Meu filho pode tomar banho comigo no chuveiro?

Não há consenso entre os especialistas sobre o assunto, entretanto, é recomendável que, nesse caso, o cuidado seja redobrado para evitar acidentes. Os cuidados devem ser os mesmos com produtos de higiene e com a temperatura da água.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

“Bath Time Basics For a Baby” – Health 4 Mom.

“Prevenção e cuidados com a pele da criança e do recém-nascido” – Associação Brasileira de Dermatologia.

“How to Bathe Your Newborn Baby” – Health Info Translations.

“Banho no recém-nascido” – Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Источник: https://www.danonenutricia.com.br/infantil/primeiros-meses/comportamento/8-dicas-de-como-dar-banho-em-recem-nascido

Embarazo saludable
Deja una respuesta

;-) :| :x :twisted: :smile: :shock: :sad: :roll: :razz: :oops: :o :mrgreen: :lol: :idea: :grin: :evil: :cry: :cool: :arrow: :???: :?: :!: